<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=680782996107910&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Por que sua empresa precisa de um headhunter?

9 min de leitura

Publicado em 26/05/22

Atualizado em Junho 4, 2022

Para grande parte das empresas, atrair talentos não tem sido tarefa fácil. Imagine, então, quando a posição em aberto é extremamente estratégica e requer um perfil bastante específico. Nesse caso, o desafio se torna ainda maior e, para superá-lo, muitas organizações recorrem à figura do headhunter. 

Em suma, o headhunter é acionado em situações nas quais o R&S tradicional não atende à necessidade da empresa na busca por identificar, atrair e selecionar o profissional ideal para uma posição relevante nos negócios. 

Neste artigo, abordamos qual o papel desse profissional e os benefícios de contar com o apoio dele, além de explicar como funciona o processo de hunting e o que observar antes de contratar uma empresa especializada nesse tipo de solução. Acompanhe!

Clique no play para conferir a versão em podcast deste conteúdo!

Qual o papel do headhunter? 

Em tradução livre, headhunter significa caçador de talentos. Na prática, refere-se aos profissionais que atuam de forma ativa na busca por talentos para posições especializadas, estratégicas e de liderança. 

O papel do headhunter é encontrar o profissional certo para ocupar cargos que exigem experiência e habilidades bastante específicas por meio de um processo avançado de recrutamento e seleção. Em outras palavras, ele é responsável por atrair profissionais que fazem toda a diferença nos resultados dos negócios. 

Trata-se de uma atividade estratégica amplamente requisitada para recrutar e selecionar talentos dos mais diferentes segmentos de mercado. Estão no radar do headhunter tanto os profissionais em busca de recolocação como aqueles que se encontram empregados e não veriam sua vaga publicada em nenhum canal de comunicação. 

Headhunter e recrutador realizam o mesmo trabalho? 

O trabalho do headhunter e recrutador tem diferenças importantes. No processo de R&S convencional, a busca por profissionais costuma ocorrer de forma mais passiva. 

Ou seja, a empresa divulga a vaga — em diversos canais —, e as pessoas decidem se vão ou não se candidatar, com base em suas expectativas e nas exigências para ocupar a posição em aberto. 

A técnica de hunting, por sua vez, envolve a busca ativa pelo profissional adequado para determinada posição. Mais do que divulgar a vaga, o headhunter acessa o talento certo por meio de sua rede de network ou canais específicos, sondando até mesmo os profissionais que já estão empregados. 

Quais os benefícios de contar com um headhunter? 

Cada vez mais, empresas que contam com o apoio de um headhunter confirmam que o trabalho realizado por esse profissional traz inúmeras vantagens na hora de contratar novos colaboradores para posições estratégicas. 

Entre elas, podemos destacar: 

  • Contratações mais acertadas, já que o hunting inclui uma análise bastante criteriosa dos candidatos, levando em consideração as expectativas da empresa contratante e do profissional selecionado; 
  • Construção de times com fit cultural alinhado; 
  • Agilidade no fechamento de vagas, tendo em vista o know-how e a expertise do headhunter para identificar, atrair e selecionar o profissional certo; 
  • Recrutamento bem-sucedido de profissionais para cargos executivos e de gestão. 

Além dos benefícios citados, vale destacar que a atuação do headhunter é capaz de reduzir custos em diversas frentes — um dos motivos para isso é a agilidade que ele traz para o fechamento de vagas. 

Como sabemos, quando surge a necessidade de contratação para um novo cargo, o ideal é que o processo seja finalizado o quanto antes. 

Afinal, uma vaga aberta por muito tempo é sinônimo de atraso na entrega de resultados, sobrecarga de outros colaboradores, custos adicionais com horas extras, entre outros inconvenientes. 

Isso sem falar que contratações mais longas, que tomam muito tempo do RH, tendem a custar mais. 

Por garantir mais agilidade e segurança, o hunting, se aplicado de forma estratégica e adequada, reduz índices de turnover, além de custos com a abertura de novos processos seletivos e o pagamento de verbas rescisórias. Nesse sentido, trata-se de um recurso valioso de economia de tempo e dinheiro. 

Como funciona o processo de hunting? 

O processo de hunting ocorre por etapas. Confira quais são elas! 

  1. Definição do perfil da vaga, em conjunto com a empresa contratante, considerando aspectos como experiência profissional, qualificações e fit cultural; 
  2. Mapeamento de mercado, incluindo pesquisa de remuneração, a fim de aumentar as chances de a empresa atrair talentos valiosos; 
  3. Busca e abordagem de candidatos adequados para ocuparem o cargo; 
  4. Realização de entrevistas e aplicação de assessment, para avaliar as expectativas do candidato e seu potencial para entregar resultados no presente e no futuro; 
  5. Apresentação dos finalistas ao gestor ou executivo da área, com detalhamento completo do perfil do profissional e o que faz dele o candidato ideal para ocupar a posição;  
  6. Acompanhamento do feedback fornecido aos participantes do processo seletivo e da proposta feita ao profissional escolhido; 
  7. Mediação das questões finais de contratação.

O que observar antes de contratar uma empresa que faz hunting? 

Como vimos, o papel desempenhado pelo headhunter é bastante específico e minucioso. Por isso, grande parte das empresas que aposta no hunting conta com a ajuda de consultorias focadas nessa solução de talent acquisition. 

Mas vale sublinhar que o headhunter não anula o papel da área de Recursos Humanos — trata-se de um trabalho conjunto. Para dar certo, é fundamental ao profissional que faz hunting estar plenamente alinhado às expectativas das empresas. 

Antes de iniciar uma parceria, portanto, lembre-se de observar alguns critérios importantes, como: 

  • Reputação da empresa no mercado; 
  • Ampla expertise e know-how no segmento de atuação; 
  • Tecnologias de R&S avançadas; 
  • Metodologias que, de fato, garantem precisão ao atrair e selecionar profissionais para cargos de liderança; 
  • Agilidade para atrair o talento certo. 

Ao longo deste artigo, mostramos por que o headhunter é o profissional ideal para identificar, atrair e selecionar a pessoa certa para sua organização. Sabemos o quão urgente é fechar posições estratégicas, logo, recomendamos que busque por uma consultoria séria e com amplo know-how de mercado, capaz de entregar os resultados que você almeja com agilidade e precisão. 

Precisa de apoio para atrair o profissional estratégico certo? Se sim, conheça Manpower Business Professionals, nossa solução de R&S especializada em hunting e executive search!

Se preferir, preencha o formulário e receba o contato dos nossos consultores.

 

Deixar comentário