<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=680782996107910&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Como falar dos pontos fortes na entrevista de emprego?

9 min de leitura

Publicado em 01/12/21

Atualizado em Janeiro 13, 2022

Quem já passou por muitas entrevistas de emprego sabe bem que algumas perguntas sempre estão no radar dos recrutadores. Entre elas, uma das mais comuns é o questionamento sobre os pontos fortes do candidato. Para muitas pessoas, fazer essa autoanálise é algo bem desafiador. Justamente por isso, essa pergunta costuma vir acompanhada de bastante tensão por parte dos entrevistados.  

Se esse é o seu caso, saiba que existem algumas formas de deixar esse momento um pouco mais leve!

Aproveite para descansar os olhos e ouvir este conteúdo!

Por exemplo: sabendo que esse tipo de questão tem grandes chances de ser colocada em pauta, o melhor a se fazer é já ir pensando sobre o assunto antes mesmo de chegar à entrevista. Assim, certamente você vai se sentir mais confiante quando o momento chegar. 

Para te ajudar nessa missão, reunimos algumas dicas de como falar sobre os pontos fortes durante as entrevistas de emprego.  

Ao longo deste post, você vai ver que, apesar de essa não ser uma tarefa fácil, ela também não precisa ser um bicho de sete cabeças. Vamos lá?

Dica #1: Seja sincero 

Como já falamos anteriormente aqui no blog, todo processo seletivo é uma oportunidade para que o recrutador conheça mais sobre as características dos candidatos e, assim, encontre o profissional ideal para a vaga em aberto. 

É por isso que algumas perguntas como “quais são os seus pontos fortes?” são feitas: para que o recrutador possa avaliar quais são as suas competências comportamentais e entender de que forma elas se encaixam na cultura da empresa contratante Para que ninguém se decepcione ao final desse processo, é muito importante que todos os envolvidos sejam honestos – a começar pelo candidato. 

Por esse motivo, a primeira dica que temos para te dar é: seja sincero nas suas respostas.  

Ao ser perguntado sobre seus pontos fortes, você não precisa listar uma quantidade imensa de atributos para impressionar. Muitas vezes, menos é mais. O principal é que, ao mencionar suas qualidades, você seja verdadeiro. Afinal, a sinceridade por si só já é um ponto fortíssimo e ser pego na mentira pode colocar tudo a perder. 

Dica #2: Reflita sobre os pontos fortes com antecedência  

Nós já falamos um pouco sobre isso no começo do post, mas vale repetir: se preparar para uma entrevista certamente ajuda a aliviar a tensão desse momento. 

Por que, então, não pensar sobre os seus pontos fortes com antecedência? 

Antes de ir para entrevista, faça uma lista das suas principais qualidades e, ao final, tente escolher ao menos três delas que melhor representem a sua personalidade. Se der para relacionar os pontos fortes com as especificidades da vaga, melhor ainda.   Por exemplo: se você estiver concorrendo a uma vaga de atendimento ao cliente, uma qualidade que pode fazer a diferença é a facilidade de comunicação. 

Só não deixe de considerar a dica número #1 ao fazer essa autoanálise, ok? Por mais que você queira impressionar o recrutador, é muito importante ser sincero nas respostas. E ah! Se você sentir dificuldade em identificar quais são suas principais competências, veja três perguntas que podem ajudar a tornar isso mais claro:  

  • Quais características as pessoas costumam elogiar em você? 
  • O que você faz com facilidade? 
  • Quais as atividades que você mais gosta de executar? 

Dica #3: Relacione suas qualidades no trabalho a situações reais 

Já decidiu quais são os seus pontos fortes? Excelente! 

O próximo passo é pensar em como você pode exemplificar cada qualidade, a partir de experiências vividas ao longo da sua trajetória profissional. No geral, as histórias são mais cativantes e geram conexão, então trazer à tona vivências que ressaltem seus pontos fortes é uma ótima forma de ajudar o recrutador a se lembrar mais facilmente das suas respostas depois. Mas, ao fazer isso, tente ser o mais objetivo possível para não cansar o entrevistador, ok? Por isso a importância de pensar nesse discurso com antecedência! 

Exemplos de pontos fortes para falar na entrevista

Mesmo sabendo como falar sobre os seus pontos fortes na entrevista, pode ser que você ainda esteja com dúvidas sobre o que falar, né? 

Para ficar mais fácil, preparamos uma lista com oito qualidades que são desejadas pelas empresas, para que você possa se inspirar.  

  • Resiliência: essa qualidade pode ser classificada como a capacidade para lidar com situações adversas e mudanças, sem ceder à pressão ou deixar que isso afete o seu equilíbrio emocional.  
  • Capacidade de adaptação: a rapidez com que as mudanças acontecem é uma das grandes características dos dias atuais. Por isso, as empresas valorizam profissionais que sejam capazes de se adaptar a essas mudanças com rapidez e facilidade, sem desanimar diante do novo. 
  • Criatividade: pode ser entendida como a capacidade de pensar de forma diferente do usual e propor ideias inovadoras para solucionar os mais diversos problemas.  
  • Proatividade: pessoas proativas são aquelas que identificam necessidades e buscam por mudanças de maneira espontânea, sem precisar de estímulos externos. 
  • Entusiasmo: profissionais entusiasmados com o trabalho que realizam e que mantém uma atitude positiva, mesmo em situações desafiadoras, tendem a contagiar todos os que trabalham à sua volta. Por isso, o entusiasmo é uma qualidade bastante apreciada pelas empresas. 
  • Empatia: em resumo, ter empatia é ser capaz de se colocar no lugar do outro. Segundo o relatório Empathy Monitor, ao ser aplicada no local de trabalho, essa qualidade tem impacto direto na produtividade, lealdade e engajamento dos funcionários.   
  • Integridade: está muito atrelado a uma conduta ética, justa e honesta – valores que são considerados fundamentais em qualquer âmbito da vida. 
  • Facilidade de comunicação: conseguir se expressar de forma clara é uma habilidade muito valorizada, independentemente do cargo. Afinal, saber se comunicar com colegas de equipe, gestores e clientes faz toda a diferença para a construção de boas relações de trabalho.  

Esperamos que, com as dicas reunidas aqui, você consiga arrasar nas entrevistas de emprego!  

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar se aperfeiçoando para os processos seletivos, recomendamos que clique aqui e confira o artigo que preparamos sobre como falar dos pontos fracos nas entrevistas. Até mais! 

Deixar comentário