<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=680782996107910&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Escassez de Talentos 2020

1 min de leitura

Publicado em 07/07/21

Com a escassez de talentos atingindo números recordes ao redor do mundo, os empregadores precisam saber o que os trabalhadores querem, a fim de encontrar, formar e reter os melhores talentos. É preciso desenvolver a combinação certa de pessoas, habilidades, processos e tecnologia para executar sua estratégia de negócio, gerar valor e ajudar as pessoas a se preparar para os empregos do futuro.

Uma transformação drástica na força de trabalho está acontecendo diante de nós. A COVID-19 teve início como uma crise de saúde e se ampliou para uma crise econômica e social. O trabalho literalmente saiu dos escritórios e setores econômicos inteiros estão mudando a uma velocidade jamais vista antes.
Agora, o trabalho está sendo classificado de novas maneiras – essencial e não essencial –, com muitos postos reconhecidos positivamente em nossas comunidades: entregadores, trabalhadores de supermercados e heróis da saúde que permaneceram trabalhando durante todo o período.
Em tempos tão imprevisíveis, uma coisa é certa – esta crise deve ser o catalisador de um novo futuro do trabalho, mais flexível, diversificado e voltado para o bem-estar do que jamais imaginamos. Vamos aproveitar esta oportunidade para voltar ao futuro do trabalho e criar mais oportunidades para a maioria, e não apenas para alguns.

A demanda da força de trabalho também está mudando. Uma demanda maior por especialistas em cibersegurança, analistas de dados,
desenvolvedores de software e apps e novas funções como rastreadores de contato, monitores de distância e verificadores de temperatura estão surgindo com a mesma velocidade com que outros entram em declínio nas áreas de aviação, hospitalidade e entretenimento.

Para descobrir como a crise está acelerando O Que os Trabalhadores Querem, o ManpowerGroup perguntou a mais de 8.000 pessoas em 8 países sobre o futuro dos trabalhadores. Leia atentamente. Os trabalhadores disseram o que pensam.

Clique aqui para baixar a pesquisa completa.

Deixar comentário