<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=680782996107910&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Empregabilidade: como aumentar a minha?

5 min de leitura

Publicado em 27/04/20

Aproveite para descansar os olhos e ouça esse conteúdo! Clique no play acima!

 

Você já deve ter visto este termo em programas de TV ou em artigos e posts da internet. Os especialistas do mundo do trabalho adoram falar em empregabilidade. Também gostam – e com razão – de dizer que as chances de você conseguir um novo emprego dependem dela. Mas o que significa isso e como você pode aumentá-la? 

Neste post explicamos para você!

O que é empregabilidade?

O termo empregabilidade refere-se às características de um indivíduo para conseguir um emprego. Mas também pode estar relacionado à capacidade de se adaptar ao mercado e manter-se em uma empresa, sendo na mesma função ou em uma nova, ou ainda à chance de mudar de trabalho encontrando uma oportunidade melhor. 

Como saber como está a minha empregabilidade?

Para entender se você é “bastante empregável” ou não, é preciso levar em consideração os seguintes fatores: 

    • O que o mercado está procurando na função que eu exerço ou quero exercer;
    • Quais as qualidades e competências dos outros profissionais que estão procurando pela mesma oportunidade;

 

  • Quais são as minhas qualidades e competências?

 

 

Primeiro, para saber sobre o mercado, dê uma olhada nas exigências de vagas para a sua área. Quais os requisitos mínimos? Quais são os diferenciais? O que se espera desse profissional?

 

Para entender como estão os outros profissionais, você pode prestar atenção em entrevistas com dinâmicas de grupo, por exemplo, conversar com amigos e colegas da mesma área e até usar o LinkedIn para ver o que outras pessoas com esse cargo têm como principais qualidades e competências. 

 

Por fim, com esses dados, é hora de avaliar as suas habilidades profissionais. Você já tem os requisitos que as empresas procuram? As competências dos seus concorrentes são parecidas com as suas? O que você tem de diferencial em relação a eles? E o que você ainda não tem que precisa desenvolver?

Claro que, para responder a todas essas perguntas, é preciso conhecer bem o seu próprio perfil profissional. Ou seja, o autoconhecimento é fundamental para entender a sua empregabilidade.

Como aumentar a minha empregabilidade?

Então, se, ao comparar o seu currículo com os outros e as demandas do mundo do trabalho, você perceber que faltam algumas competências, sua empregabilidade está baixa e precisa ser melhorada. E mesmo que você tenha todas os requisitos necessários e esteja à frente da maioria dos outros profissionais, ainda assim é preciso manter sua empregabilidade alta. 

 

Vamos mostrar como agora!

Mantenha-se atualizado!

A primeira dica é manter-se atualizado. Não importa em qual área você trabalha, a evolução tecnológica tem mudado rapidamente a maneira como o trabalho é conduzido. Por isso, você deve estar sempre atento às mudanças do seu mercado e fazendo o possível para se preparar para essas novidades. Existem muitos cursos online gratuitos na internet, como na Fundação Bradesco, o SENAI ou até mesmo universidades como a USP. Em nossas redes sociais, sempre disponibilizamos dicas de cursos gratuitos que irão te ajudar a ter um diferencial no mundo do trabalho. Então siga-nos no LinkedIn, Twitter, Instagram ou Facebook.

 

Concentre-se também nas Soft Skills!

Não é segredo que as soft skills, ou competências humanas, estão sendo cada vez mais valorizadas no mercado de trabalho. Quando você tem soft skills bem desenvolvidas, tem vantagens estratégicas importantes para o mercado de trabalho. Essas habilidades também podem ser treinadas, praticadas e aprimoradas ao longo da sua vida e jornada em busca pelo autoconhecimento, por meio de reflexões e experiências que mostrem como ser melhor e saber conviver no mundo.

 

Alguns exemplos são: criatividade, liderança, solução de problemas, trabalho em equipe e comunicação.

Trabalhe o seu networking!

Uma boa maneira de aumentar a sua empregabilidade é ser conhecido e reconhecido por pessoas da sua área profissional. Por isso é importante manter o seu networking sempre em dia. Uma ferramenta que não pode ficar de fora nesse momento é o LinkedIn. A rede social profissional deixou de ser há muito tempo só um “balcão de empregos”, tornando-se um ótimo ambiente para troca de ideias, de informações e para aumentar a sua rede de contatos. 

Em nosso canal do YouTube, ensinamos como usar todos os recursos do LinkedIn da melhor maneira: 

Tenha objetivos claros! 

Para aumentar a sua empregabilidade, é importante mirar em um cargo ou área. Sabendo onde você quer chegar no curto e longo prazo, fica mais fácil saber quais competências desenvolver, quais cursos procurar, etc. 

Um exemplo: sabendo que hoje você quer um cargo de vendedor e que, daqui a alguns anos, pretende estar à frente de uma equipe de vendas, você pode traçar um plano com cursos de oratória, técnicas de venda, treinar suas habilidades de liderança e gestão de pessoas, entre outras ações que irão melhorar sua empregabilidade para esse setor.

Esteja motivado a melhorar! 

Muito importante para quem deseja se destacar enquanto profissional é estar motivado a se desenvolver. Ter confiança em si e nas suas aptidões é meio caminho para alcançar as suas metas profissionais. Até porque, criar e aperfeiçoar habilidades e competências é um processo que demanda tempo e muita paciência. Mentalize que você é capaz e mantenha o foco no essencial. 

E então? Conseguiu entender o que é a sua empregabilidade? E como ela está? Lembre-se que, mesmo que esteja alta agora, é preciso continuar sempre este processo para não ficar para trás!

Aqui no blog temos outros artigos que vão continuar te ajudando neste processo. Leia a seguir:

Capacidade de aprendizagem: é hora de aprender a aprender!

Hard e soft skills: suas diferenças e como desenvolvê-las na carreira

Afinal, será que eu sei qual é minha vocação profissional?

Referências profissionais: o caminho para o novo emprego

 

Procurando vagas de emprego? Te ajudamos a encontrar!

Deixar comentário