<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=680782996107910&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

5 dicas para uma gestão de equipes de alta performance imbatível

4 min de leitura

Publicado em 22/08/18

Uma gestão de equipe de alta performance faz com que o seu time tenha grande nível de comprometimento e trabalhe junto para alcançar resultados. Fatores como esse diferenciam uma empresa de suas concorrentes, dando-lhe lugar de destaque entre o público interno e o externo.

Mas, para alcançar esse patamar, é preciso que a liderança de uma organização esteja atenta desde a contratação dos profissionais que ocuparão seus cargos em aberto. Afinal, um grupo só se transforma em equipe de elevada competência quando os propósitos das pessoas que a compõem estão alinhados e quando elas têm valores, visão e objetivos em comum.

Se o seu desejo é construir e liderar uma equipe de alta performance, acompanhe este post e veja as nossas dicas!

Importância do trabalho em equipe

Seja na psicologia, na sociologia, na administração ou em outra área do conhecimento, o trabalho em equipe é sempre tema de estudos. Isso se dá porque o homem é, naturalmente, propenso a se unir aos seus pares para realizar ações.

No entanto, para que essa união obtenha as consequências desejadas, se fazem necessários alguns atributos, entre eles as habilidades sociais, a cooperação, a diversidade (de conhecimentos, ideias, opiniões etc.) e a responsabilidade.

Ao conjugar esses elementos e lapidá-los a favor do trabalho a ser feito, pode-se interferir na efetividade do projeto, levando-o ou não ao sucesso. A atenção, aqui, deve ser para transformar um método em uma filosofia, pois o comportamento e as vivências de cada membro é que ditam o seu ritmo e o seu empenho.

Quando aplicamos essas proposições no meio organizacional, podemos perceber como é importante despender esforços para fortalecer o time, uma vez que bons resultados dependem diretamente de um trabalho realizado com eficácia por uma equipe de alta performance e em sintonia.

Papel do líder

Um líder deve ser um modelo a ser seguido. É muito pouco provável que um gestor que não seja um exemplo cobre algo de seus liderados e consiga uma resposta positiva.  Para que haja influência, a liderança deve ser inspiradora! Com isso, as cobranças precisam ser justas. E a flexibilidade precisa estar presente, bem como a sabedoria em gerenciar conflitos.  

Para conquistar uma equipe de alta performance, a gestão deve estimular a equipe. Isto é, criar condições para que cada membro dê o melhor de si, gerando impactos relevantes nos processos organizacionais.

Além disso, o líder deve orientar o seu grupo, o que é diferente de dar ordens. Um gestor eficaz é aquele que acompanha a sua equipe de perto, está sempre lá para tirar dúvidas e ouvir o que seus liderados têm a dizer. Ele dá e recebe feedbacks sempre que necessário e reconhece o bom trabalho realizado.  

A excelência de uma equipe não é atingida por meio de mágica, mas com uma liderança que aja como coach e mentora. Coach quando tem como foco a melhoria da performance dos profissionais, e mentora quando promove o aprendizado e o autodesenvolvimento contínuo dos liderados.

Gestão de equipe de alta performance

A liderança, ao contrário do que alguns podem pensar, não é um dom com o qual se nasce. É claro que fatores como personalidade e intelecto são vantagens, mas a verdade é que pessoas tidas como “comuns” também podem se transformar em líderes excepcionais.

Da mesma forma, todo time pode ser transformado em uma equipe de alta performance. Tudo depende da disposição para se investir em desenvolvimento, tanto por parte dos profissionais quanto por parte da empresa.

Os treinamentos e capacitações fazem parte desse processo. Contudo, listamos mais algumas ações que auxiliam na construção de tal equipe. Observe:  

1. Tenha um alinhamento de metas e objetivos eficiente

Os desafios são o combustível de profissionais que buscam o aperfeiçoamento. Por isso, traçar metas e objetivos claros é essencial para que uma equipe busque a superação. No entanto, para que se alcancem os resultados desejados, o planejamento deve ser realista.

Isso significa que a eficiência do alinhamento de tais metas e objetivos está no fato de eles serem atingíveis. Pode ser necessário que haja revisões e mudanças para maior adequação às competências dos colaboradores e ao mercado, mas, desse modo, a visão do líder e da equipe se tornará realidade.

2. Conheça a sua equipe

Uma equipe de alta performance é composta de colaboradores com habilidades e talentos distintos. Cabe ao líder identificar, monitorar e avaliar a evolução desses profissionais. Assim, será possível delegar cada tarefa a quem tem os melhores atributos para desenvolvê-la.

Com melhor conhecimento dos membros de um grupo, o líder poderá, inclusive, mudar as funções de alguns, caso julgue que isso seja melhor para obter os resultados de forma mais ágil e eficiente.

3. Construa um relacionamento baseado na confiança

Em um ambiente no qual há confiança, a troca de ideias, percepções e perguntas é algo comum. Isso fortalece o capital intelectual e permite que a criatividade, a inovação e o comprometimento fluam com mais liberdade.  

A confiança é conquistada no dia a dia. E é preciso que ela exista tanto dos liderados para com o líder (e vice-versa) quanto entre os colaboradores. Quando as pessoas confiam umas nas outras e sentem que têm credibilidade, tomam decisões estratégicas com mais facilidade e geram soluções de problemas de modo criativo.  

4. Delegue tarefas

O espírito de equipe é a base do comprometimento de um time. Quando cada membro tem a sua tarefa e sabe da sua importância para a empresa, ele assume a responsabilidade da execução de suas funções e trabalha ao máximo para auxiliar o grupo.

Delegar tarefas não é fácil, pois exige que o gestor se desapegue da ideia de que ele é o único capaz de fazê-las do modo correto. Todavia, demandá-las demonstra que o líder confia na capacidade de seus liderados e aposta em suas habilidades para alcançar o sucesso.  

5. Tenha foco nos resultados

Por que exigir que um colaborador esteja presente na empresa todos os dias, no mesmo horário, se ele pode executar a sua função remotamente? Para que estabelecer o preenchimento de inúmeros formulários ou relatórios que serão arquivados sem que ninguém os leia?

Pôr o foco nos resultados significa eliminar ou, pelo menos, reduzir ao máximo as burocracias desnecessárias. É ter uma visão estratégica e saber que uma equipe com grande nível de rendimento é motivada quando vê os objetivos sendo alcançados.

O engajamento e a determinação são os elementos que diferenciam um time altamente produtivo e eficiente dos demais. A gestão de equipes de alta performance deve promover uma cultura de excelência e construir consensos para que os profissionais entendam o seu papel dentro da organização, compartilhem a visão do líder e se dediquem para que todos alcancem os objetivos almejados.

Agora, que você já sabe como gerir uma equipe de alta performance, leia o nosso post sobre inovação no RH e veja algumas estratégias para aplicar em sua empresa!  

Deixar comentário