<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=680782996107910&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Como avaliar uma consultoria de RPO — Recruitment Process Outsourcing

3 min de leitura

Publicado em 05/07/21

A contratação de uma consultoria de RPO para a condução de um ou mais processos seletivos pode ser uma excelente solução para companhias que buscam focar seus esforços na parte estratégica da sua atividade fim.

Aproveite para descansar os olhos e ouvir este conteúdo


 

Todavia, nem todos os gestores estão habituados com essa terceirização de processos e, por isso, muitas dúvidas podem surgir durante o caminho. Criamos este artigo para ajudar você a entender melhor o que avaliar na hora de contratar um parceiro que vai te fornecer essa solução estratégica. Confira!

 

Quando contratar um RPO?

O RPO (Recruitment Process Outsourcing) é a terceirização da equipe responsável pelas atividades de recrutamento e seleção de uma empresa. Essas atividades podem ser realizadas integralmente pela consultoria de RPO, ou parcialmente, contando com a ajuda dos profissionais de RH da contratante. Dessa forma, o RPO passa a ser uma extensão do seu time de RH e Talent Acquisition.

A consultoria de RPO pode atuar em todas as contratações da empresa, em casos específicos de cargos de liderança e nichos técnicos, ou em períodos sazonais de alto volume, por exemplo. Tudo vai depender das necessidades e estratégias adotadas pela organização contratante. Ou seja, o RPO pode e deve ser personalizado para a sua necessidade.

Neste outro artigo, respondemos 5 perguntas para ajudar a sanar suas dúvidas e desmistificar o RPO.

O que você precisa avaliar para escolher uma boa consultoria de RPO?

Contratar um RPO requer pesquisar a fundo para escolher o parceiro que mais se adeque às suas necessidades e que tenha uma solução de qualidade.

Confira abaixo alguns itens importantes que você deve avaliar na hora de escolher uma consultoria de RPO para cuidar do seu processo de seleção.

Informe-se sobre a consultoria

É fácil encontrar nomes de consultoria em buscas na internet, mas conhecer de verdade o parceiro requer ir mais a fundo. Conheça sua reputação no mercado, converse com a equipe que desenvolverá a sua solução (e não apenas com o representante comercial), peça cases de sucesso e referências que comprovem a capacidade de entrega. Lembre-se de que não existe uma fórmula pronta: se a empresa tiver uma “solução de prateleira”, desconfie. Este tipo de serviço requer flexibilidade e personalização, desde a primeira conversa até a apresentação de uma proposta e, claro, ao longo de toda a parceria.

Busque referências e indicações

Converse com pares e outros gestores e descubra se eles já contrataram consultorias de RPO e quais foram as experiências.

Atente-se aos resultados percebidos e especialmente a eventuais problemas que tenham vivido em suas parcerias. Leve essas informações para a conversa com o potencial parceiro para entender se você terá uma solução que te atenda ou se está correndo riscos.

Faça uma avaliação cautelosa

Tenha clareza de tudo que a consultoria se propõe a oferecer como solução. Consultorias de qualidade são capazes de tratar com total transparência todas os itens presentes nas propostas comercial e técnica, além de criar ou eliminar etapas de acordo com a necessidade do cliente. Entenda quantos e quais serão os recursos dedicados ao seu volume de vagas, quais tecnologias estão contempladas, como será feito o acompanhamento dos principais KPIs e se você terá atendimento e acompanhamento sempre que precisar.

Saiba se você está lidando com um verdadeiro parceiro

A consultoria escolhida deve ser capaz de te apoiar em todos os momentos, não importa o perfil do seu projeto ou o tamanho da sua empresa, atuando inclusive no engajamento de diretores, gestores e outras equipes envolvidas para a implantação ágil e eficiente de um projeto que deverá agregar nos resultados da empresa. O apoio também está em uma atuação consultiva e proativa, seja no momento da implantação ou em melhorias contínuas ao longo de toda a parceria. É importante ser capaz de identificar se a sua consultoria tem esse perfil de atuação, portanto não deixe de questionar. Lembre-se: a consultoria deve ser uma extensão da sua equipe de RH.

Agora que você já sabe o que você deve avaliar na hora de contratar uma consultoria, aproveite para conhecer as soluções de RPO da Talent Solutions para a sua empresa! Ou preencha o formulário e receba o contato dos nossos consultores.

 



Deixar comentário