<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=680782996107910&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

O que sua pontualidade (ou a falta dela) diz sobre você

7 min de leitura

Publicado em 16/10/19

Aproveite para ouvir este conteúdo!

Dois amigos marcam de se encontrar na Av. Paulista, em São Paulo, às 19h. Um deles está lá desde às 18h45, enquanto o outro só aparece por volta das 20h. Nessa pequena história, com qual dos dois personagens você se identifica? Se você se enxergou como aquele que está atrasado, talvez você tenha um problema de pontualidade!

Ser pontual é visto como uma característica essencial no mercado de trabalho, mas muitas pessoas ignoram ou mesmo têm dificuldades para conseguir isso – o que pode criar problemas inclusive na vida pessoal. 

E para você: chegar no horário é normal ou uma missão impossível? E o que isso quer dizer? Neste post, vamos explorar este conceito e tentar entender por que caímos nas armadilhas do atraso e o que fazer para mudar isso!

Cultura (brasileira) do atraso?

Dizem que no Brasil o atraso é uma questão cultural. Em um artigo para a BBC, a escritora britânica especializada em turismo, Lucy Bryson, comentou das dificuldades que teve em se adaptar à realidade brasileira em sua passagem pelo Rio de Janeiro. Enquanto para os ingleses – como ela – um horário marcado é um compromisso firmado, os brasileiros não seguem a mesma regra. Ela mostra que o estranhamento do estrangeiro com a falta de pontualidade em nosso país não é uma novidade, citando o livro de Peter Fleming: “Brazilian Adventure: A Journey Into the Heart of the Brazilian Amazon”, de 1933, no qual o autor encontrou o mesmo problema. 

“O atraso no Brasil é um clima. Você mora nele, não pode fugir disso. Não há nada a ser feito sobre isso. Acho que deveria ser motivo de orgulho para os brasileiros o fato de possuírem uma característica natural absolutamente impossível de ignorar. Nenhum outro país pode se gabar disso”

Peter Fleming no livro “Brazilian Adventure: A Journey Into the Heart of the Brazilian Amazon”

Será que eles estão certos?

O que eles dizem é bastante comum por aqui. Afinal, quando você recebe um convite para uma festa, por exemplo, no qual o início é 16h, quando você pretende chegar lá? 18h? 20h? É possível que, caso você chegue no horário combinado, nem mesmo os anfitriões estejam prontos. Isso não se limita a eventos sociais. Quantas vezes você chegou atrasado a uma aula? Ou até em um compromisso de trabalho? Aqui, a falta de pontualidade não é considerada tão grave, mas também está longe de ser uma qualidade. Já chegar no horário é visto como um diferencial.

Mas um “traço cultural” não pode ser justificativa para um comportamento que pode te prejudicar tanto na vida pessoal quanto na profissional. Essa é uma crença limitante que precisa ser combatida. Mas como? Primeiro é preciso se convencer da importância dessa atitude.

Pontualidade não é só chegar cedo

Quando falamos do ponto de vista profissional, temos um mal entendido comum sobre pontualidade. Muitos profissionais pensam que basta chegar no horário todos os dias para ser uma pessoa pontual. Na verdade, não é apenas isso. Ser pontual é honrar compromissos. Se você combinou uma entrega às 16h de quinta-feira, é importante que ela seja feita até esse prazo. Então, mesmo que você esteja todos os dias no escritório antes do expediente, é preciso se comprometer com seu trabalho para ser pontual.  

Por que ser pontual?

A importância da pontualidade não está apenas em chegar na hora nos compromissos – apesar de que isso, por si só, já deveria ser motivo suficiente para fazer de você uma pessoa pontual. Mas ainda existem outras razões para fazê-lo.

Respeito

O primeiro ponto a ser considerado é como a pontualidade pode ser interpretada como um ato de respeito. Quando você marca uma atividade com alguém e não aparece no horário marcado, a impressão que dá é de que o tempo do outro vale menos do que o seu. No mundo profissional, sabemos que em uma entrevista de emprego, quem não é pontual pode ser visto como desinteressado.

Ser pontual é, então, uma questão de respeitar o próximo e mostrar a ele que você valoriza sua presença e o compromisso que vocês firmaram.

Confiança

As pessoas confiam em quem é pontual. A percepção geral é de que esse é alguém que tem responsabilidade, firmeza nas suas atitudes. Isso abre portas no mundo profissional, afinal se sabem que podem contar com você, sabem que – mesmo com imprevistos – você estará lá. Assim, elas têm mais chances de te indicar para um novo cargo, por exemplo. Tanto que a pontualidade é considerada um traço essencial para qualquer perfil profissional, principalmente porque ele não vem sozinho: pessoas pontuais têm mais capacidade de produção, concentração e disciplina.

Produtividade

Quando você tem a capacidade de gerenciar melhor seu tempo, pontualidade e produtividade são duas características que andam juntas. Quem tem o cuidado de ser pontual, começa e termina suas atribuições. É uma conta simples: sem estar atrasado você tem mais tempo. Com mais tempo, você consegue fazer mais. 

Controle

A pontualidade te ajuda a ter um controle melhor de sua rotina e de suas tarefas. Quantas vezes você já se pegou precisando fazer algo correndo por que se atrasou e por conta disso acaba entregando de uma maneira não tão boa quanto gostaria? Agora imagine que, ao ser pontual, você ficará mais preparado para lidar com situações, terá mais flexibilidade para realocar trabalhos… enfim, não estará mais sempre correndo contra o relógio. Assim, você terá tempo para pensar se organizar e agir. Sem desespero. 

Seu emocional também pode ser afetado positivamente pela pontualidade. Quem se atrasa demais provavelmente estará mais estressado, ansioso, correndo de um lado para o outro. Quando você consegue pôr a “casa em ordem” e para de perder hora, você tem um motivo a menos de preocupação.

Por que eu não consigo ser pontual?

Esse é um ponto sensível, mas muito importante. Se você já considerou os argumentos que listamos, por que você continua se atrasando nos seus compromissos? Existem formas de entender a causa e, claro, ajudar você a superar esta dificuldade!

Querer agradar a todos

Algumas pessoas acabam criando planos impraticáveis ou aceitando mais compromissos do que conseguem cumprir apenas para não contrariar os outros. Se esse é seu caso, uma agenda pode ser a solução. Antes de dizer sim, consulte-a e veja se é possível assumir mais uma coisa.

Se distrair facilmente

Pessoas distraídas tendem a ser menos pontuais. Isso porque acabam perdendo a noção do tempo com outras atividades. Quando se gasta minutos com ocupações paralelas, sobra menos para o que você realmente deveria estar fazendo. Por isso, separe horários para redes sociais, navegar na internet, ou outras atividades que você gosta para que elas não ocupem o espaço da suas tarefas.

Insatisfação

Quem está insatisfeito com algum aspecto da sua vida costuma cometer o que chamamos de autossabotagem. E um dos seus sintomas é justamente a falta de pontualidade. Se você está passando por isso, preste atenção. No trabalho, converse com seus gestores e exponha seu lado. Você pode também procurar ajuda profissional de um terapeuta, por exemplo.

Como ter mais pontualidade

Não falamos que existem saídas para essa questão? Então, veja só algumas dicas para te deixar mais atento aos horários.

Calcule o tempo das suas atividades

Faça uma lista de quais atividades você tem durante o dia e calcule o tempo gasto em cada uma delas. Isso inclui a sua rotina ao acordar. Quanto você demora para escolher suas roupas, se vestir, tomar um café, o trajeto até o escritório etc. 

Tendo uma ideia de o quanto você demora nelas, é possível se programar e tornar-se mais pontual. Se for necessário, deixe o café da manhã ou as roupas já preparadas de um dia para o outro.

Tenha hábitos mais saudáveis

A sua disposição influencia na pontualidade. Então, se você tem tido problemas com isso, evite excessos em noites que antecedem um dia importante de trabalho (isso vale para comidas pesadas, bebidas, televisão, vídeo games ou redes sociais até tarde). Tente também manter o hábito de dormir mais cedo para garantir que você tenha o descanso que você precisa. Criar uma rotina com atividades físicas também melhora a disposição e vai ajudar você nessa jornada para ser mais pontual!

Evite desculpas

Quem se atrasa muito tem o costume de delegar a culpa do atraso para fatores externos. É claro que às vezes não podemos controlar um imprevisto, e nessas situações o atraso é compreensível. Mas se todos os dias você se atrasa por causa do trânsito, por exemplo, já está na hora de sair um pouco mais cedo e evitar esse problema que você já conhece.

Tenha uma agenda

Use uma agenda para anotar todas as atividades que você precisa fazer. Classificá-las em ordem de urgência já te direciona para o que tem para fazer no dia seguinte, diminuindo as chances de atrasos de entregas ou presença em alguma reunião. Com sua agenda, você pode, inclusive, aproveitar para adiantar projetos. Afinal entregando hoje uma tarefa de amanhã, você terá mais tempo até para revisar, caso seja necessário. 

Mesmo que hoje você ainda tenha alguma dificuldade para ser pontual, saiba que é possível reverter esse quadro! Se você seguir essas dicas, logo verá a mudança em si mesmo e em como as pessoas à sua volta te enxergam, inclusive como profissional. Mas é bom lembrar que mudanças de atitude são processos contínuos que exigem foco e determinação. Então, não desanime se você acabar derrapando no meio do caminho, o importante é continuar na direção certa!

 E então, você está preparado para começar a colocar a pontualidade na sua lista de características positivas? E enquanto está por aqui, que tal ler outro artigo sobre como ser mais produtivo no trabalho!?

Deixar comentário