<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=680782996107910&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Recrutamento de executivos: 9 melhores práticas

4 min de leitura

Publicado em 27/06/17

As posições de nível executivo são, muitas vezes, desafiadoras. A preparação adequada e um processo recrutamento de executivos planejado corretamente ajudarão a aumentar suas chances de uma seleção bem-sucedida.

Nesse sentido, preparamos este post especialmente para você. Esperamos que essas etapas lhe proporcionem clareza e confiança em relação às melhores práticas para realizar um recrutamento executivo para a sua organização. Confira!

Veja agora 9 dicas de Recrutamento de executivos

1. Defina parâmetros de recrutamento e a estratégia de mercado

Você tem uma vaga de nível executivo e precisa levá-la ao mercado. Antes de anunciar, há uma série de fatores a considerar. Já definiu uma linha de tempo, incluindo as datas de encerramento, das entrevistas e do painel com os candidatos? Já usa uma combinação de divulgação online e pesquisas de profissionais? Considerou avaliações psicométricas? Qual é o seu orçamento?

Saiba exatamente como será a estratégia de mercado que você utilizará. Isso requer conhecimentos de como pesquisar os perfis corretos em redes sociais (principalmente o LinkedIn) e analisar os melhores espaços para divulgar sua vaga, antes de começar o recrutamento de executivos.

2. Crie materiais de apoio e consulta

Assim que a sua estratégia de mercado estiver em vigor, você deve reunir uma pasta com conteúdos que serão compartilhados com todos os candidatos interessados.

Essa pasta digital deve explicar claramente o que você procura e deve conter a descrição de trabalho e a especificação do perfil requisitado para o cargo. Também é possível incluir informações adicionais sobre sua organização, o departamento e dados sobre remuneração.

É útil apresentar a especificação do perfil, destacando os critérios essenciais e desejáveis ​​para que os candidatos possam discutir futuramente sua experiência em relação aos atributos e competências técnicas definidas para o papel. Isso também tornará mais fácil avaliar o candidato durante o processo.

3. Envolva stakeholders no recrutamento

Não  libere ainda a oportunidade de trabalho para o mercado. Assegure-se de realizar discussões informativas com o gerente do departamento e outras partes interessadas que tenham uma compreensão clara do papel e dos objetivos.

Envolvendo os principais interessados no início do processo, você entenderá suas opiniões sobre o papel e começará a identificar um consenso de opinião sobre o tipo de atributos do candidato que você deve procurar.

4. Coloque em ação suas estratégias de atração

Em um primeiro momento, você definiu sua estratégia de atração de candidatos. Agora é hora de colocá-la em prática. A atração do candidato para posições de nível executivo, geralmente, envolve a combinação de pesquisas no mercado e uma boa divulgação online ou impressa.

O contato com esses executivos, que não estão ativamente procurando um novo cargo, pode gerar um interesse até então desconhecido, além de ser uma estratégia diferenciada. Afinal, eles não receberiam a publicidade por não estarem em busca, o que também gera um aumento do network do RH da sua empresa.

5. Gerencie o tempo de resposta

Certifique-se de que você tenha um sistema organizado e focado na sua empresa para responder às questões sobre o papel dos potenciais candidatos. O tempo é essencial para os aspirantes ao cargo. Neste caso, principalmente aqueles que estão interessados parcialmente ou que consideram outras oportunidades.

Faça a sua organização se destacar fornecendo respostas informativas e rápidas. Se você parece inacessível aos candidatos, eles podem ser desencorajados a perseguir a oportunidade.

6. Realize uma pré-seleção ágil e focada

É importante ter critérios de avaliação claros para peneirar as candidaturas que chegam perto da data de encerramento do processo. Com muitas aplicações a considerar e um tempo limitado, você deve trabalhar de forma consistente e rápida, mas minuciosa.

Essa é uma das razões que fazem uma especificação bem definida do perfil buscado ser algo extremamente positivo. Cruze os dados dos candidatos com critérios necessários que você definiu para o papel. Assim, você facilita na hora de decidir quem deve progredir para o estágio da entrevista ou dinâmica.

7. Selecione listas de entrevistados e testes psicométricos

O recrutamento de executivos não é simples. Por isso, prepare um roteiro de entrevista. Ele deve ser relacionado à especificação da pessoa e às principais áreas e competências necessárias para o papel, bem como instruções específicas para cada candidato. Essa iniciativa permitirá que você compreenda melhor o plano de carreira do seu candidato, assim como suas habilidades, experiências, conquistas, estilo de trabalho e motivação para o cargo.

Nessa fase, também é possível planejar avaliações psicométricas, que ajudam a dar uma melhor previsão de desempenho do que apenas as entrevistas. A avaliação psicométrica também introduz mais rigor e objetividade no processo de recrutamento. Além disso, apoiará uma identificação mais precisa das características que você precisa.

8. Estruture e organize um bom painel

Os candidatos aprovados na última fase podem ser convidados a preparar uma apresentação específica antes do painel. Escolha um tópico que lhe dê uma visão de como eles lidarão com um próximo projeto ou um desafio que enfrentarão no cargo.

Prepare perguntas que avaliem a experiência do candidato em todas as áreas-chave do papel, bem como quaisquer pontos de dúvida do teste psicométrico do indivíduo, caso seja necessário.

Certifique-se de que todos os membros do painel final sejam minuciosamente informados antes do dia sobre as perguntas e seus critérios de avaliação. Isso marcará o cenário para um debate estruturado e saudável sobre qual candidato é o melhor para assumir o papel.

9. Selecione e se reúna com seu novo colaborador

Agora que você escolheu o melhor candidato possível, esteja pronto para negociar os detalhes de salários e benefícios. Nesse ponto, saiba onde você é flexível e onde não é e traga esses tópicos à mesa em suas negociações.

Uma vez que um acordo é feito e as dúvidas foram sanadas, você está pronto para fazer uma oferta formal e escrita. Parabéns!

Também é muito importante fornecer feedback aos candidatos que não passaram. Tanto para seu desenvolvimento pessoal quanto para fortalecer sua imagem profissional e a marca da sua empresa.

Por fim, é evidente que recrutar executivos pode ser uma tarefa um pouco mais árdua. Por isso, pense fora da caixa. Estratégias que flexibilizem os horários desse perfil de profissional, como entrevistas em vídeo ou, até mesmo, fazer parcerias com outras empresas para uma possível transição de colaboradores, podem ser saídas interessantes.

No mais, fique por dentro das últimas tendências do mercado, como softwares de RH e empresas que possuem um know-how diferenciado e competente na área. Eles podem ser de grande ajuda durante todo o processo de recrutamento executivo ou uma parte específica dele.

Gostou de ler sobre recrutamento de executivos? Quer saber mais sobre esse assunto e outras temáticas de RH? Então assine nossa newsletter e tenha acesso fácil e rápido às últimas tendências do mercado de trabalho!

Deixar comentário